“GÍRIAS” DE PUBLICITÁRIO

Publicitários abusam de expressões em inglês, e não ter o conhecimento delas pode nos fazer perder o emprego! Abaixo um glossário das clássicas! Vamos lá…
-Advertising: propaganda.

-All-type: anúncio de jornal ou revista apenas com frases escritas, sem nenhum tipo de ilustração.

Animatic: esboço de um comercial feito com ilustrações e movimentos para explicar como será o resultado da ideia após sua produção.

Approach: termo usado para definir a linha de comunicação adotada ou abordagem de uma peça de propaganda.

Brainstorming: momento de gerar ideias nas quais são relacionados todos os tipos de pensamento que vêm à cabeça.

-Brand: marca.

Branding: gestão da marca.

Briefing: descrição do trabalho para o desenvolvimento da campanha.

Brifar: passar o “briefing” para outra parte envolvida. Também usado para atualizar alguém, deixá-lo a par de determinado assunto.

Broadside: folheto dirigido aos públicos internos e intermediários; explica como será uma campanha ou promoção.

Budget: orçamento; usado para definir a verba que será usada numa campanha.

Case: define uma história geralmente de sucesso.

Clipping: coleção de material impresso ou de TV com notícias sobre determinado assunto, empresa ou marca.

Deadline: prazo máximo para realizar uma tarefa publicitária.

-Fee: valor pago por uma tarefa ou período de serviço.

Focus Group: pesquisa qualitativa de um segmento do mercado para obter dados sobre opinião, comportamento, percepções, produto ou serviço.

Follow up: acompanhamento da execução de um plano de comunicação ou de mídia ou a produção de qualquer peça publicitária.

Job: trabalho; pequeno briefing; também tem conotação de obrigação. Exemplo: Hoje o “job” é comparecer na festa de aniversário do chefe.

Lay-out: diagramação; apresentação da ideia da peça gráfica, mas não a execução final. Usada ainda como sinônimo de visual.

Layoutar: fazer o layout, desenhar, produzir o material visualmente.

Pack: cena em que é feito um close do produto ou marca.

Photoshopar: usar o photoshop para o tratamento de imagens/dar um tapa no visual de alguém.

-Refação: refazer um trabalho.

Rough: pronuncia-se “raff”; rascunho, mostra como deve ficar no final. É ainda usado para falar de uma ideia embrionária.

Recall: lembrança ou recordação; informação/percepção após seus integrantes terem visto/ouvido/lido alguma peça ou campanha.

Sampling: ferramenta de marketing que leva mensagens publicitárias e amostras de produtos, de forma a motivar sua experimentação.

Share: participação na cabeça do consumidor; são ainda usadas “share of market”, “share of mind” ou “share-of-voice”, depende do contexto.

-Spot: mensagem publicitária de rádio ou televisão; feita por uma locução.

Story board: esquema ilustrado do roteiro de um comercial; define algumas de suas cenas principais, de modo a facilitar sua produção.

Target: expressão utilizada para definir o público-alvo de um plano de marketing, campanha ou peça de comunicação.

Timing: duração subjetiva de uma peça publicitária, ou seja, a sensação de tempo que ela passa para as pessoas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s